Um espaço para mulheres refletirem sobre suas vivências

23.3.11

Menos é Mais


Já que você está lendo este post agora posso supor que vive uma vida tripla. Pelo menos três vidas numa só existência. Três campos existenciais em uma só pessoa. Desafiante? Explico: você vive sua vida privada, sua vida pública e sua vida virtual.
No centro da sua vida privada está o seu corpo e tudo o que diz respeito a ele. Sua saúde, seu bem estar, os anseios e necessidades do corpo: alimento, água, contato, afeto e descanso. Esperamos que a sua casa seja o lugar de viver plenamente tudo isso: boas refeições, uma noite de sono reparadora, relações afetivas harmoniosas.
No âmbito público da sua vida encontram-se os seus compromissos sociais. E sociais aqui não se restringem ao lazer, aquilo que chamamos de corriqueiramente de “vida social intensa”. O seu trabalho, sua vida em comunidade, sua cidadania, suas empreitadas acadêmicas e também seu lazer em grupo, suas festas, casamentos, batizados, barmitzvas, cerimônias, enterros, missas, rituais e carnaval.
Como se duas esferas, privada e pública, não fossem o suficiente para nos conferir inúmeros papéis criamos a nossa vida virtual. Então, além de filhas, irmãs, sobrinhas, netas, primas, amigas, alunas,mestrandas, doutorandas, profissionais, esposas, noras, mães, comadres, patroas, colegas de trabalho, sócias, clientes, freguesas, vizinhas, cidadãs ainda temos uma identidade virtual que nos demanda tempo, energia , atenção, cuidado, dedicação. Somos também correspondentes de email, destino de inúmeras malas diretas, clientes de vários sites, voyeurs de diversos blogs, twitteiras, blogueiras e amigas de enorme rede no Facebook.
A princípio criamos esta terceira esfera para servir às duas anteriores, mas a vida virtual acaba gerando novas demandas e papeis. Então, além de termos que atender as necessidades do corpo (alimentar-se, descansar e amar), precisamos também arcar com nossas responsabilidades sociais e ainda atender a demanda virtual. Com estas três de camadas de vida e tantos papéis é importante definir quem é a dona de quem. Você é a dona de seus papéis ou eles te dominam inexoravelmente? Ao abraçá-los você tem o cuidado de mantê-los do tamanho que deseja ou eles ganham vida própria e te escravizam?
Este post termina aqui porque acreditamos que menos é mais. O tema é infinito, porém deliberadamente fechamos aqui para uma pausa reflexiva:
Você atende as NECESSIDADES do teu corpo no teu dia a dia?
Você tem apenas as RESPONSABILIDADES com que consegue arcar?
Você faz FILTRO às demandas do mundo virtual?

Somos inspiradas aqui pelo trabalho de Stanley Keleman, criador da Psicologia Formativa, e de Rosiska Darcy, autora de "Ecologia do Tempo".

3 comentários:

  1. Lindo post. Necessário.
    Minha resposta.

    Você atende as NECESSIDADES do teu corpo no teu dia a dia?

    - Sim, isso é vital para mim. Mas cuidando de dois pequenos tenho tido dificuldades em dar a mim tempo. Gostaria de ter um tempo para saborear mais minhas necessidades básicas.

    Você tem apenas as RESPONSABILIDADES com que consegue arcar?
    - Estou aprendendo a priorizar.

    Você faz FILTRO às demandas do mundo virtual?
    Sim. Estou da cabeça aos pés inserida no mundo virtual. Adoro. Meu único momento de encontro com o bate papo. Aqui. Já aprendi que a ser dinâmica. Embora ainda navegue de bobeira as vezes. Também faz parte.

    Amo vcs.

    ResponderExcluir
  2. Que bom, Maribel !
    Nós também te amamos!
    beijos Erica

    ResponderExcluir
  3. Oi,

    Achei muito legal esta reflexão. Ultimamente andava meio mal de saúde, cansada, sem tempo para nada e de muito, mas muito mal humor.

    Entao decidi dedicar mais tempo à minha família e à minha vida pessoal. Tive que sacrificar um pouco o lado profissional, mas acho que foi a melhor decisão que tomei.

    Semana que vem começo a trabalhar meia-jornada e a poder me dedicar mais aos meus projetos pessoais e que me fazem muito mais feliz.

    Agora, a questao virtual para mim é complicada já que trabalho com RP, mídias sociais e sou blogueira.... mas ela me completa na real.

    Beijinhos
    Vanessa
    www.coisasminhas.com

    ResponderExcluir